• SKAN

Entrega de prémios do Concurso Nacional de Inovações Agrícolas em Moçambique

Realizou-se nos dias 13 e 14 de Setembro do corrente ano, na cidade de Maputo, o encerramento da 1ª edição do Concurso Nacional de Inovações para o Desenvolvimento Comunitário.


O concurso, uma iniciativa do Ministério da Ciência e Tecnologia, Ensino Superior e Técnico Profissional (MCTESTP) através do Centro de Investigação e Transferência de Tecnologias para o Desenvolvimento Comunitário (CITT), em Coordenação com o Ministério da Agricultura e Segurança Alimentar; e com o apoio da MOZAL, OXFAM e FAO, teve como temática geral as inovações para a Agricultura, com principal enfoque para a Horticultura, nas componentes de produção, conservação e processamento.


Foram submetidas, no total, 73 candidaturas, entre 19 de Março e 30 de Abril do ano corrente, provenientes dos quatro cantos do país.


O primeiro prémio, que incluiu um cheque no valor monetário de 500.000 meticais, foi atribuído a uma “Semeadora Manual de Hortícolas”, desenvolvida pelo Instituto Agrário de Balama. A semeadora, feita por material reciclado, constitui uma solução técnica de baixo custo e de fácil adaptação as condições das comunidades.


O segundo lugar foi para a agricultora Vergina Simango, do Distrito de Chicualacuala, que apresentou uma inovação dos nossos ancestrais: um composto preparado com base na mistura de 14 extratos de plantas, 11 das quais nativas, que serve como método alternativo para o Combate de Pragas e Doenças em hortícolas. Esta solução irá minimizar o uso de inseticidas químicos.


Entre as três inovações premiadas esteve ainda a extração de ácido pirolenhoso para uso tanto no controle de pragas como na adubação.

Está agora em curso a preparação de documentários escritos e audiovisuais, como forma de disseminação das tecnologias candidatas nesta 1ª edição do Concurso Nacional de Inovações para o Desenvolvimento Comunitário.


No seu discurso da Gala de premiação, Sua Excelência o Ministro da Ciência e Tecnologia, Ensino Superior e Técnico Profissional, exortou à participação ativa de toda a sociedade moçambicana nas próximas edições do Concurso, dado que esta iniciativa possibilita não só a partilha de experiências e inovações, como também promove o crescimento e desenvolvimento socioeconómicos através da criação de oportunidades de negócio e de investimento para o sector privado, com a criação de novos produtos.



16 visualizações

© 2019 SKAN

Logo UE.png
Logo Proder.png
logo_camoes775x250.png
CPLP.png
RP-MAFDR (1).png

APOIOS