Publicações · Recentes

Promover a inovação nos sectores agrícola, alimentar e florestal em Cabo Verde - A importância de uma rede de partilha de conhecimento e tecnologia

A elaboração do presente documento teve como objetivo a realização de um levantamento e caracterização inicial da situação atual da agricultura e desenvolvimento rural em Cabo Verde. Este levantamento foi realizado de um ponto de vista científico e tecnológico, abrangendo tanto o sector público como o sector privado. Esta caracterização é essencial para o desenvolvimento de propostas de diretrizes para a promoção da inovação nos sectores agrícola, alimentar, florestal e ambiental, nomeadamente no que se refere à criação de uma rede nacional de partilha de conhecimento e tecnologia em Moçambique. O processo de levantamento e caracterização dos sectores agrícola, alimentar e florestal foi realizado através de: - Contacto com universidades e instituições relevantes quer para os sectores agrícola, alimentar e florestal quer para a inovação; - Recurso a artigos científicos, documentos oficiais e informações disponíveis online. Em alguns casos não foi possível confirmar as informações obtidas através das páginas Web oficiais das instituições, pelo que algumas delas podem encontrar-se desactualizadas. 2016/2017 Pode fazer o download do documento em anexo ou consultar o ebook em: https://issuu.com/inovisa/docs/skan_cplp_cv_final

Congresso de Horticultura na Guiné-Bissau
  17 Mar

O Congresso de Horticultura na Guiné-Bissau "O futuro nas nossas mãos" decorrerá em Bissau, organizado no âmbito do projeto "Kópóti pa cudji nô futuro" implementado pela ONG VIDA, em parceria com a Direção Geral de Agricultura, Instituto Nacional de Pesquisa Agrária, Direção Regional de Agricultura de Cacheu e Escola Superior Agrária de Ponte de Lima, com o financiamento da União Europeia e do Camões - Instituto da Cooperação e da Língua. O Congresso de Horticultura da Guiné-Bissau pretende afirmar-se como evento técnico-científico de referência nacional e internacional, nomeadamente em países vizinhos, para o intercâmbio de experiência das melhores práticas em produção hortícola, mercados, investigação e sustentabilidade ambiental. Abertas as apresentações de resumos para comunicação em poster. Mais informação aqui: http://bit.ly/2AjIuNy

9º Colóquio Nacional do Milho 2018
  07 Fev

A ANPROMIS organiza o seu 9º Colóquio Nacional do Milho, no dia 07 de Fevereiro de 2018, no Hotel Axis Vermar, na Póvoa do Varzim. Consulte aqui o Programa do Colóquio e a respectiva Ficha de Inscrição: http://www.anpromis.pt/2-uncategorised/129-9-coloquio-nacional-do-milho-2018.html

Workshop | Inovação nos Sectores Agrícola, Alimentar e Florestal
  23 Jan

O próximo Workshop SKAN é já no próximo dia 23 de Janeiro, na Praia, em Santiago. O Workshop é gratuito, mas a inscrição é obrigatória (lugares limitados) Caso tenha interesse em participar, envie um email para: info@skanplatform.org ou global@inovisa.pt PROGRAMA 08h30 – 09h00 | Recepção e registo dos participantes 09h00 – 09h30 | Sessão de abertura Ministério da Agricultura e do Ambiente Embaixada de Portugal em Cabo Verde 09h30 – 10h30 | Projectos de inovação e desenvolvimento em Cabo Verde 10h30 – 11h00 | Foto de grupo e Coffee break 11h00 – 11h15 | Apresentação do estudo “ Promover a Inovação nos sectores agrícola, alimentar e florestal” 11h15 – 12h45 | Mesa Redonda – Novas iniciativas para promover a inovação 12h45 – 13h00 | Sessão de encerramento Comissão Organizadora: ECAA-UniCV, INIDA e INOVISA

Parceria para a Investigação e Inovação na Região Mediterrânica (PRIMA)

A PRIMA centra-se nas temáticas dos sistemas alimentares e dos recursos hídricos, sendo garantida, porém, flexibilidade da parte dos países envolvidos. Os pilares temáticos e respetivos objetivos são: 1. Gestão sustentável da água em áreas áridas e semiáridas do Mediterrâneo Testar e estimular a adoção de soluções hídricas adequadas ao contexto; Melhorar a sustentabilidade da terra e água nas bacias semiáridas mediterrânicas; Elaborar e estimular a adoção de novas políticas e protolocos para a governação de sistemas de gestão hídricos. 2. Sistemas agrícolas sustentáveis Desenvolver sistemas de lavoura inteligentes e sustentáveis de modo a manter recursos naturais e aumentar a eficiência na produção; Desenhar e promover a adoção de novas abordagens para a redução do impacto de pestes e patogéneses na agricultura. 3. Cadeia de valor alimentar no desenvolvimento regional e local mediterrânico Inovar no plano dos produtos alimentares baseados na dieta mediterrânicas, estimulando a ligação entre nutrição e saúde; Encontrar soluções para aumentar a eficiência na cadeia alimentar e hídrica, reduzindo perdas e resíduos; Conceber e implementar modelos inovadores e de qualidade no agro-negócio como fonte de emprego e crescimento económico. DESTAQUE: O pré-anúncio dos primeiros concursos para projetos está previsto para 15 de janeiro de 2018. O anúncio ou abertura dos concursos está previsto para 15 de fevereiro de 2018. Para mais informações: https://www.fct.pt/apoios/cooptrans/artigo185/prima.phtml.pt

100% algodão sustentável é a meta para Moçambique

A produção de algodão é uma das atividades mais importantes para a população rural de Moçambique e o governo, com o apoio da Better Cotton Initiative (BCI), está a desenvolver organismos de certificação para que o país seja o primeiro a produzir 100% algodão sustentável. O sector representa à volta de 20% das exportações agrícolas e mais de 90% da última colheita foi produzida por pequenos agricultores que cultivam tradicionalmente áreas inferiores a um hectare, num número aproximado de 170 mil. É com eles que a BCI e o Instituto do Algodão de Moçambique (IAM), órgão governamental que supervisiona o sector, estão a trabalhar num Plano de Revitalização da Cadeia de Valor do Algodão. A par do aumento da produtividade o foco está também na melhoria das práticas de produção sustentáveis, proporcionando, por outro lado, o acesso a novos mercados por parte dos agricultores. A parceria entre as autoridades locais e a BCI vem já desde 2014, e logo nesse ano a produção cresceu mais de 50%, tendo no ano seguinte envolvido já perto de 79 mil pequenos agricultores. O próximo passo é uma regulamentação nacional para a produção sustentável de algodão, criando processos de verificação e organismos de certificação próprios. Fonte: http://jornal-t.pt/noticia/100-algodao-sustentavel-e-a-meta-para-mocambique/

Investment Pitch: Comunicar a sua Proposta de Valor a investidores
  05 Fev

As empresas tecnológicas caem frequentemente no erro de descrever apenas a sua tecnologia e não os problemas que ela resolve, como por exemplo, como aumentará o valor para o cliente e quais as vantagens relativamente à concorrência. No entanto, para garantir o investimento, é necessário convencer os investidores de que não só terá clientes a comprar o seu produto ou serviço, mas que a empresa tem potencial para crescer e escalar. Este Webinar irá explicar o que é uma proposta de valor, descrever as ferramentas que se podem utilizar para construir essa proposta e discutir como é que ela deve ser usada no no pitch de investimento. Mais informações e registo aqui: https://www.eventbrite.co.uk/e/investment-pitch-communicating-your-value-proposition-to-investors-tickets-41417095648

What’s Needed in African Agriculture Before Technology

Read the article: https://agfundernews.com/whats-needed-african-agriculture-technology.html?utm_source=AgFunder+Updates&utm_campaign=d11c1b4cdc-Jan04_2017&utm_medium=email&utm_term=0_7b0bb00edf-d11c1b4cdc-98062497

Call for interest: would you like to contribute to the EIP-AGRI as a temporary consultant for the EIP-AGRI Service Point?

The EIP-AGRI Service Point is looking for coordinating experts for a number of workshops, seminars and Focus Groups on a range of topics. The deadline for applications is 22 January 2018, 23:59 hrs Brussels time. Mais informações em: https://ec.europa.eu/eip/agriculture/en/news/call-interest-would-you-contribute-eip-agri

Assinado projeto trilateral para produção de café em Moçambique

Foi assinado, no último dia 6 de dezembro, a versão final de um acordo de cooperação técnica trilateral entre Brasil, Portugal e Moçambique para a implementação do projeto “Desenvolvimento Sustentável do Café no Parque Nacional Gorongosa/Moçambique em sistema Agroflorestal Integrado no Contexto da Deflorestação, Alterações Climáticas e Segurança Alimentar” O objetivo é o aprimoramento do sistema de produção de café no Parque Nacional da Gorongosa, de modo que o mesmo seja realizado de forma sustentável. Desta forma, espera-se contribuir para a mitigação dos efeitos da deflorestação e das alterações climáticas, promover o agronegócio e aumentar o rendimento e a segurança alimentar das famílias rurais da região Mais informações em: http://www.abc.gov.br/imprensa/mostrarconteudo/816

Maputo foi palco da cimeira anual Seedstars Africa

Mais de quinhentos delegados, entre inovadores e investidores, participaram na terceira cimeira anual do Seedstars Africa que decorreu no dia 14 de dezembro em Maputo. Trata-se do maior encontro de startups do continente e que tem como objectivo discutir sobre inovações tecnológicas e ideias de negócios. Durante a cimeira, foram abordados problemas que os países africanos enfrentam, cujas soluções passam pela adopção de estratégias aplicáveis ao actual ambiente de inovação tecnológica. Fonte: http://www.portaldogoverno.gov.mz/por/Imprensa/Noticias/Maputo-foi-palco-da-cimeira-anual-do-Seedstars-Africa Mais informações: https://www.facebook.com/seedstarsmaputo/

PRODUTIVIDADE DA CULTURA DE CENOURA EM DIFERENTES DENSIDADES DE PLANTIO NAS CONDIÇÕES AGROECOLÓGICAS DO POSTO ADMINISTRATIVO DE UNANGO

As propostas de espaçamento e densidade de plantio, para as culturas em geral, têm procurado atender às necessidades específicas dos tratos culturais e a melhoria da produtividade, dado que alterações em espaçamento e densidade induzem uma série de modificações no crescimento e no desenvolvimento das plantas. O presente trabalho foi realizado no campus Universitário da Faculdade de Ciências Agrárias da Universidade Lúrio, no distrito de Sanga, posto administrativo de Unango, com o objectivo de avaliar a produtividade da cultura de cenoura em diferentes densidades de plantio. Foi montado um experimento cujo Delineamento foi em Blocos Completamente Casualizados com cinco (5) tratamentos (T1:30x5cm, T2:25x8cm, T3:25x5cm, T4:20x8cm e T5:20x5cm) e 6 (seis) repetições. Foram analisadas 6 variáveis nomeadamente: Diâmetro da raiz, número de folhas por planta, altura das plantas, comprimento da raiz, peso médio da raiz, massa de matéria seca da parte aérea e rendimento por unidade de área. A análise estatística foi feita com auxílio do pacote estatístico Sisvar, onde se fez a Análise de Variância (ANOVA) e a comparação de médias pelo teste de Tukey a 5 % de probabilidade. Os resultados revelaram não haver diferenças significativas para as variáveis número de folhas por plantas, altura das plantas e comprimento da raiz, para as variáveis diâmetro da raiz, rendimento e peso da raiz apresentaram diferenças significativas entre as médias. Com o estudo conclui-se que o com o aumento da população de cenouras ocorre um incremento na produtividade total de raízes, porém poderá se diminuir a massa média de raízes.

RELATIVE IMPORTANCE OF INVESTMENT IN RESEARCH IN THE GROWTH OF AGRICULTURE IN MOZAMBIQUE

Abstract: Despite the fact that agricultural research is considered as a very important pillar for agrarian development, financial support for agricultural research activities has been declining in the last years. This study aims to measure the relative importance of the investment in research in the development of agriculture in Mozambique. Historical data from the period 2000-2016 were obtained from FAO and World Bank databases. Stepwise regression analyses were conducted to obtain the models that were able to predict cereal production and the share of agriculture in GDP, using fertilizer consumption, agricultural land, population density, agricultural research expenditure, irrigation, pesticides use and investment on agriculture as independent variables. LMG and PMVD metrics were used to measure the relative importance of the independent variables in cereal production and the contribution of agriculture to GDP. 91.48% of the variability in cereal production is explained by pesticides use, Investment in agricultural research and population density and 85.11% of the variability in the contribution of agriculture to GDP is explained by investment in agricultural research and the investment in agricultural production. Pest control has been quite crucial for cereal production and to achieve a positive impact of agriculture on GDP, it’s necessary to invest more and more in agricultural research.

UE e Fundação Bill e Melinda Gates prometem €500 milhões de euros para inovações na agricultura

A União Europeia, juntamente com a Fundação Bill e Melinda Gates, prometeu mais de 500 milhões de euros nos próximos três anos para investigação e inovação na agricultura. Ambos os lados consideram que é necessária mais ciência e inovação para abordar alguns dos desafios mais urgentes suscitados pelas mudanças climáticas representam. Esta iniciativa conjunta basear-se-á nos resultados do Acordo de Paris e na recente COP23 realizada em Bona sobre o papel da agricultura na agenda das alterações climáticas. Para mais informações consultar: https://www.euractiv.com/section/development-policy/news/eu-and-gates-foundation-pledge-e500-million-for-innovations-in-agriculture/

AfriAlliance - a network of solutions for local needs in water & climate cooperation

On Friday 8 December, the Horizon 2020 AfriAlliance project presented the results of its first 18 months of activity during a lunchtime conference at the External Cooperation Infopoint in Brussels. AfriAlliance (Africa-EU Innovation Alliance for Water and Climate) aims to better prepare Africa for future climate change challenges by having African and European stakeholders and networks work together in the areas of water innovation, research, policy, and capacity development. Africa-EU cooperation is being taken to a practical level, with approaches for identifying, matching and selectively implementing solutions for local needs. Rather than creating new networks of stakeholders, the 16 EU and African partners are consolidating existing ones – consisting of scientists, decision makers, practitioners, citizens and other key stakeholders – into an effective, problem-focused knowledge-sharing mechanism. As presented during the lunchtime conference, topic-specific Action Groups have been launched with the aim of having public authorities, business representatives, local communities, and other typologies of stakeholders share and discuss knowledge, expertise and solutions. Inputs from the Action Groups as well as the outcome of the other activities (workshops, conferences, stakeholder analysis, etc.) carried out in the context of the project are then put together and combined in an innovation platform, the Africa-EU Innovation Alliance for Water and Climate. Some of these inputs are also displayed in the so-called Social Innovation Factsheets, which want to highlight innovation opportunities for scientists, NGOs, large companies and SMEs, and policy-makers. More information: https://afrialliance.org/

Sistema Nacional de Inovação: Projecto quer saber onde o país está e para onde caminha – ONUDI

O projecto “Sistema Nacional de Inovação”, a ser apresentado esta terça-feira, 07, na Cidade da Praia, vai permitir que as autoridades saibam qual é o ponto da situação do país nesta matéria e onde pode chegar. O projecto, que conta com a assistência técnica da Organização das Nações Unidas para o Desenvolvimento Industrial (ONUDI), vai ser apresentado num workshop que tem como propósito, também, permitir que as partes interessadas debatam as possíveis abordagens e desafios para o desenvolvimento do Sistema Nacional de Inovação (SNI). Em declarações à Inforpress, o coordenador nacional da ONUDI em Cabo Verde, Rui Levy, explicou que o projecto vai fornecer as bases para a densidade, distribuição e número de interacções institucionais entre os actores-chave (Governo, as instituições financeiras, o sector privado e as instituições do conhecimento), bem como as barreiras percebidas para inovar, através da aplicação de um inquérito. Saiba mais em: http://www.inforpress.publ.cv/sistema-nacional-inovacao-projecto-quer-saber-pais-esta-caminha-onudi/

Supporting farmers in Africa with European Earth Observation technology

Better prediction and management of production and supply of food in Africa is the aim of the Horizon 2020 project AfriCultuReS that was launched in Addis Ababa. AfriCultuReS (AFRIcan AgriCULTUral Systems with the Support of REmote Sensing) is the Horizon 2020 project that won a call on using Earth Observation assets for improving food security in Africa. The project has 17 partners, 7 of which are located in African countries (Tunisia, Ethiopia, Kenya, Ghana, Rwanda, Mozambique, South Africa) and receives about €8.5 million of EU funding. It is one of the cornerstones of the strategy of the European Commission to intensify the cooperation with African partners, contributing to the European Union – African Union partnership while promoting and supporting the activities of the Group on Earth Observation (GEO) and its flagships (e.g. GEOGLAM), regional initiatives, EuroGEOSS and AfriGEOSS. The Ethiopian Minister for Water Irrigation and Electricity, HE Dr Seleshi Bekele, emphasised the importance of cooperating with the EU for achieving sustainable development goals, highlighting that with projects such as AfriCultuReS, this cooperation is entering a new phase. According to Dr. Tidiane Ouattara, Head of GMES & AFRICA Programme Unit at the African Union, who also delivered a speech at the project kick–off meeting, this project can make a difference because it involves stakeholders and end-users of Earth Observation products right from the start. These high level guests to the AfriCultuReS kick-off meeting demonstrate the commitment of African institutional stakeholders to a successful implementation of the AfriCultuReS project, that addresses pressing problems of the continent. The project brings together a large variety of data from different sources such as satellites, e.g. from the EU's Copernicus programme, ground based observations and models. It develops crop yield predictions and other services and decision support tools for policy makers. The project's strength is the strong African participation and the significant involvement of users in the development of services and tools that the project is delivering. The project adheres to open data policies and will make also the tools developed in the project open source. This openness is crucial for tools dealing with food security as it ensures transparent decision-making on this important issue. More information: https://ec.europa.eu/easme/en/news/supporting-farmers-africa-european-earth-observation-technology

Fábrica de Sabão - Ecossistema criativo para a inovação e o empreendedorismo sustentável

No local onde antes existiu uma fábrica de sabão abandonada, em Cazenga, Luanda, existe agora um centro de inovação e empreendedorismo. A Fábrica de Sabão é um ecossistema que procura atrair mentes criativas das artes, cultura, artesanato, negócios e ciências, para educar, formar e orientar os jovens. Este projeto iniciou-se em 2015 e trata-se de um centro híbrido entre incubadora e acelerador, espaço de trabalho partilhado e local para criar. Aqui é possível encontrar um pouco de tudo: espaço de trabalho partilhado, espaço dos fabricantes, espaço de escritórios (incubadora e acelerador), bar de sumos, restaurante, espaço para exposições e workshops. Neste momento está a ser construído um campo polidesportivo e um tanque para piscicultura. É sem dúvida um local a visitar! Fonte: http://www.fabricadesabao.co.ao/pt/

Fighting fire with fire – modeling landscape feedbacks under accelerated future fire regimes

Amanhã teremos o seminário CEF/CEABN: Ecologia, Florestas e Conservação, com o título Fighting fire with fire – modeling landscape feedbacks under accelerated future fire regimes, por Alan A. Ager, USDA Forest Service, Rocky Mountain Research Station, Missoula Fire Sciences Laboratory, que decorrerá entre as 14h e as 16h, no Auditório Florestal do Instituto Superior de Agronomia. Este seminário é organizado em conjunto com a disciplina de Gestão de risco de incêndios florestais. Para mais informações: http://www.isa.utl.pt/ceabn/

Conferência "Digitização enquanto futuro do sector"

No âmbito do Prémio Empreendedorismo e Inovação promovido pelo Crédito Agrícola em conjunto com a INOVISA, irá decorrer no próximo dia 12 de dezembro a conferência "Digitização enquanto futuro do sector" com a presença da Vida Rural, Syngenta, Valinveste, entre muitos outros. O evento contará ainda com a entrega de prémios aos vencedores da 4ª edição do Prémio e uma mostra tecnológica de empresas com impacto no sector. Confirme a sua presença para comunicacao@creditoagricola.pt ou 213 805 532. Consulte o programa aqui: https://goo.gl/u1SJYA